Aviso aos navegantes:

Se achar que você se encaixa em algum desses escritos, talvez não seja mera coincidência. Ou seja, quem sabe ...



Dos (meus) Silêncios!

by | |

Às vezes um grande silêncio pode dizer de tantas coisas. Pode dizer de saudade, de coração partido, de solidão. Pode dizer de tantos sonhos interrompidos pelo curso da vida. Das vezes que já morri e renasci por dentro. Das vezes que teimosa (como sou) acreditei outra e outra vez que tudo poderia ser diferente. Como agora ...

Interrompo meus silêncios. Esmago meus espinhos. Me liberto da desesperança. Pois a vida que pulsa em mim merece mais, muito mais. Merece que eu seja forte, guerreira e alegre, como sempre. Merece que eu refaça meus caminhos espalhando sorrisos, gestos verdadeiros, palavras de carinho, para aqueles que quiserem partilhá-la comigo. E assim será ...

Então, mando embora o silêncio e deixo com vocês meu carinho e o meu melhor sorriso!

[Thaís P.]

1 comentários:

J.Guimarães

Sem dúvida.
Devemos nos livrar de tudo o que nos incomoda.
Mandar embora o silêncio.
Mandar embora a dor e seus problemas.

É isso.

Postar um comentário