Aviso aos navegantes:

Se achar que você se encaixa em algum desses escritos, talvez não seja mera coincidência. Ou seja, quem sabe ...



Nas pontas dos dedos ...

by | |

É extremamente interessante pensar que ao escrever estas linhas, estou fazendo história. Histórias de vida, de amores, de sonhos. Colocando passado e futuro em minhas mãos. Para entender, é preciso seguir seus indícios...

Quando eu escrevo, estou criando o passado! SIM! A partir deste momento, o que foi escrito já ficou para trás. Pode ter feito sentido ou não para alguém, pode ter contado de anseios ou sonhos realizados, mas já virou história.

Mas, quando escrevo, também estou criando o futuro, pois, estas mesmas linhas, podem contar de possibilidades, de sonhos que se realizarão, belíssimos momentos que ainda virão.

Porque escrever é isto. A criação do passado e futuro entre as pontas dos dedos...

[Thaís P.]

3 comentários:

•Ø£hö§ ðë Gµë¡xå •

Boa Tarde Thais!! 2011 pode ser um ano especial, se nosso olhar for diferente.... Pode ser muito legal, se entendermos nossas fragilidades e egoísmos e dermos a volta nisso. Somos fracos, mas podemos melhorar. Somos egoístas, mas podemos entender o outro. 2011 PODE SER O MAXIMO, MARAVILHOSO, LINDO, ESPECIAL! Só depende de mim... De você. Pode ser... E QUE SEJA!!!
FELIZ ANO NOVO !!!! Bjos

Teresa Cristina

Sabe Thaís, fiz uma dinâmica de grupo na confraternização de gerentes das unidades básicas de saúde da minha cidade, da qual eu coordeno uma delas. Nessa dinâmica, minhas colegas apontaram que sou sensível. Sei disso, aceitei isso. Tem horas que dói pra caramba, mas tornar o mundo um lugar melhor e ver amor nas coisas vale a pena e supera qualquer dor. Um grande abraço, feliz 2011.

Jéssyca Carvalho

E é aí que reside a maior de todas as belezas do poeta: ele é "fazedor" de tempos!
Através de seus verbos, muitas vezes incertos, escreve e reescreve as coisas, os momentos, a vida! É o responsável por eternizar passados, profetizar futuros e emocionar presentes...

Sim, é realmente a vida, à ponta dos dedos...

Postar um comentário